Pular para o conteúdo principal

CORONAVOUCHER: QUEM PODE RECEBER O BENEFÍCIO DE R$ 600 E COMO SERÁ DISTRIBUÍDO.


O Senado aprovou nesta segunda-feira (23) o projeto que distribui auxílio emergencial no valor de R$ 600, durante três meses, a trabalhadores autônomos, informais e com renda intermitente inativos (que têm vínculo de trabalho mas não estão trabalhando por falta de demanda). O objetivo é que esses trabalhadores consigam se sustentar durante a crise provocada pelo coronavírus.

O valor pode chegar a R$ 1.200 por família no caso de mães que sustentem uma família sozinhas.

O projeto de lei 1.066, de 2020, irá conceder o benefício a trabalhadores que se enquadrarem nas seguintes exigências:

· ter mais de 18 anos
· não ter emprego formal (em regime CLT ou como servidor público) ou ter contrato de renda intermitente ativo
· não receber benefícios, como aposentadoria, seguro-desemprego ou programas de transferência de renda do governo, com exceção do bolsa família
· ter renda familiar mensal por membro da família de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135)
· que em 2018 não tenha recebido recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70


Os candidatos devem ainda cumprir uma das seguintes exigências:


· prestar serviços como Microempreendedor Individual (MEI)
· contribuir para a Previdência Social individualmente ou de forma facultativa
· ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) até 20 de março
· ter cumprido o requisito de renda média até o dia 20 de março.


Será permitido que até duas pessoas de uma mesma família acumulem benefícios (auxílio emergencial e bolsa família). Caso o auxílio emergencial seja maior do que o do benefício do bolsa família, o trabalhador irá receber o maior.

Parlamentares acreditam que o benefício será essencial para quem está impedido de trabalhar, para que os trabalhadores não se arrisquem nas ruas e também para que famílias de baixa renda consigam alimentar seus filhos, que estão em casa em tempo integral em consequência do fechamento das escolas.


Como o benefício poderá ser sacado:

O projeto precisa primeiro ser aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro. Posteriormente, a Caixa deve divulgar como e quando os trabalhadores poderão sacar o dinheiro.

O benefício será distribuído na forma de vouchers (cupons) pelos bancos públicos federais (Caixa e Banco do Brasil) em três prestações mensais, não importa a data de início do benefício.

O dinheiro será depositado em contas do tipo poupança social digital, que será aberta de forma automática em nome dos beneficiários. A conta poderá ser a mesma usada para pagar o PIS/Pasep e o FGTS. Esse tipo de conta não permite a emissão de cartões e nem cheques.

Serão pagos R$ 10 milhões mensalmente aos trabalhadores, segundo estimativas dos parlamentares. Fonte: Exame.

Portall Gameleira

Comentários

  1. Respostas
    1. "O projeto precisa primeiro ser aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro"

      Excluir
    2. Após ser aprovado, será divulgado essas informações...

      Excluir
    3. O governo federal ainda não informou se as pessoas que têm direito ao benefício vão precisar oficializar o pedido do dinheiro, ou se o próprio governo definirá todas as pessoas que vão receber e enviar o benefício sem que seja necessário um pedido formal.

      Excluir

Postar um comentário


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

COMISSÃO DE GAMELEIRA VAI A RÁDIO TOP FM, EM BUSCA DE APOIO PARA SOLUCIONAR O PROBLEMA NA OBRA DAS DUAS PASSAGENS MOLHADA NA ESTRADA DE GAMELEIRA.

Uma COMISSÃO formada por moradores de Gameleira, Jaguarari(BA), esteve nesta sexta-feira (14), na rádio TOP FM-104,9, para cobrar agilidade e qualidade nas obras de passagem molhada, no trecho que liga o distrito de Gameleira ao município de Jaguarari(BA).
A Comissão busca apoio para pressionar o poder público com intuito de solucionar o problema que já vem se arrastando há quase 60 dias, causando transtornos aos moradores e todos que transitam diariamente na estrada de gameleira. 

Durante a entrevista, a Comissão relatou o valor de cada passagem molhada e a forma quem vem sendo realizada a obra. “A obra de terraplanagem na estrada de Gameleira, no valor de 2.500.000,00 (Milhões), hoje se encontra totalmente destruída e não foram feito as canaletas. Reforma das PASSAGENS MOLHADA no valor de 400 MIL, realizada com material inadequado, reaproveitando material e uma única via; não está alinhada com a estrada...” Afirmou o presidente da comissão.
O presidente da comissão reiterou e disse qu…

ELEIÇÕES 2020: LISTA ATUALIZADA DE FILIADOS JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NO PORTAL DO TSE

Já estão disponíveis no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) as informações atualizadas sobre osfiliados a partidos políticos em todo o país. O prazo para as legendas entregarem as informações venceu no dia 14 de outubro.
A legislação estabelece que os partidos devem apresentar, anualmente, a relação de filiados sempre na segunda semana dos meses de abril e outubro.
No caso das filiações em duplicidade, as ocorrências permanecerão sub judice até que haja decisão do juízo eleitoral da zona de inscrição do filiado.

JAGUARARI: SINAL DE CELULAR COMEÇA SER INSTALADO EM SANTA ROSA DE LIMA PELO PROJETO FALA BAHIA – GOVERNO DO ESTADO.

Foi dado início nesta semana, (01/06), a instalação da antena de telefonia móvel da operadora TIM no distrito de SANTA ROSA DE LIMA. A chegada da telefonia móvel é parte do PROJETO FALA BAHIA com incentivos fiscais concedidos pelo o Governo do Estado.
Na primeira fase da iniciativa, que é executada pelas Secretarias estaduais de Infraestrutura (SEINFRA) e da Fazenda (SEFAZ), 88 localidades passarão a contar com o serviço de telefonia móvel, entre esses estão (FLAMENGO, PILAR E SANTA ROSA DE LIMA). Além facilitar as licenças ambientais para a construção das redes, o governo está abrindo mão de até R$ 300 mil por estação radiobase, recursos que serão descontados do ICMS devido pela operadora.
O investimento é da ordem de R$ 20 milhões, através da renúncia do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) às operadoras TIM e CLARO, vencedoras da licitação.
Na segunda fase do programa, mais 80 localidades serão atendidas. A relação será divulgada em breve pela Seinfra.