Pular para o conteúdo principal

EM RESPOSTA A DENÚNCIA, A COORDENAÇÃO DA PRÉ-CANDIDATURA DE SEU ANTÔNIO A PREFEITO, TORNA PÚBLICO A SEGUINTE NOTA.


NINGUÉM APAGARÁ A NOSSA ESTRELA

Enquanto o Partido dos Trabalhadores e suas lideranças sofrem ataques vis constantes no cenário nacional, em Jaguarari as coisas não andam muito diferentes. As tentativas inescrupulosas de jogar todos os políticos na vala comum e criminalizar a política devem ser de pronto combatidas e analisadas minunciosamente para que possamos sempre responder o questionamento: A quem interessa e quem se serve desta situação inverídica? Quem teria supostamente interesse a ganhar com mais essa manobra eleitoreira?

Nossa visão desta prática aqui é simples. Adversários políticos veem nosso projeto social ganhando corpo e ao não encontrar argumentos para fazer o bom debate, usam de expedientes rasteiros, como esta denúncia, em que alegam suposto conluio para a aprovação das contas de 2016. Portando, deixemos claro desde o início que não há e nem nunca houve nenhuma aliança ou negociação entre os gestores neste sentido.

As contas de 2016, como já amplamente divulgado, foram aprovadas na Câmara de Vereadores de Jaguarari por 13 votos. Se nos levássemos pelo que supõe os que conspiram, seria dizer que todos os vereadores daquela Casa estariam envolvidos. Com tantos pensamentos e linhas distintas ali seria razoável supor isso? Evidentemente que NÃO! 

O que foi compreendido por todos, e que alguns fingem não entender por interesses pessoais, é que o ano de 2016 foi um ano distinto para nosso município. Ano em que a Mineração Caraíba, a maior empregadora e geradora de recursos para o município passava por uma recuperação judicial. Este fato teve um impacto direto nas finanças da Prefeitura visto que havia uma receita mensal arrecadada com a mineração de aproximadamente 300 mil reais/mês e em diversos meses daquele ano os repasses mensais da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) mal chegavam ao valor de 20 reais. Resumindo, com a diminuição dos recursos recebidos, para atingir o percentual que a Lei de Responsabilidade exige, cortes de pessoal deveriam ter sido feitos pela gestão também. 

Num cenário em que as demissões em massa por parte da empresa já afetavam nosso município, se tomou uma decisão corajosa a não demissão também na prefeitura para minimizar o impacto social. Foi esse gesto que levou à votação das contas favoravelmente revertendo assim o parecer inicial: uma sensibilidade política dos Edis.

A fala do Vereador, usada para montar o discurso falacioso e irresponsável da denúncia, nada mais relata que ele esperava que algum outro edil tivesse uma determinada postura, algo que não veio e não vamos aqui fazer como os que denunciam, ficam com suposições esdruxulas sobre o que motiva terceiros em suas ações.

Assim sendo, com tudo às claras, reiteramos o nosso compromisso com a seriedade e moralidade política, qualidade que sempre nos norteou e marcou, indelevelmente, os 8 anos de gestão pública de forma transparente e austera à frente do Município. Reafirmamos também o nosso desejo por uma política sempre pautada na verdade e sem estas manobras escusas. Nosso município precisa é do debate de propostas, visão clara do futuro e certeza de que seus líderes colocam sempre o povo acima de si mesmos, como feito naquele ano.

Partido do Trabalhadores - 40 Anos de Luta em Defesa do Povo Brasileiro.

Coordenação Política 2020 – PT/PCdoB/PSB/PROS.

Vamos à luta! Sempre em frente, rumo à vitória!!

Comentários


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

COMISSÃO DE GAMELEIRA VAI A RÁDIO TOP FM, EM BUSCA DE APOIO PARA SOLUCIONAR O PROBLEMA NA OBRA DAS DUAS PASSAGENS MOLHADA NA ESTRADA DE GAMELEIRA.

Uma COMISSÃO formada por moradores de Gameleira, Jaguarari(BA), esteve nesta sexta-feira (14), na rádio TOP FM-104,9, para cobrar agilidade e qualidade nas obras de passagem molhada, no trecho que liga o distrito de Gameleira ao município de Jaguarari(BA).
A Comissão busca apoio para pressionar o poder público com intuito de solucionar o problema que já vem se arrastando há quase 60 dias, causando transtornos aos moradores e todos que transitam diariamente na estrada de gameleira. 

Durante a entrevista, a Comissão relatou o valor de cada passagem molhada e a forma quem vem sendo realizada a obra. “A obra de terraplanagem na estrada de Gameleira, no valor de 2.500.000,00 (Milhões), hoje se encontra totalmente destruída e não foram feito as canaletas. Reforma das PASSAGENS MOLHADA no valor de 400 MIL, realizada com material inadequado, reaproveitando material e uma única via; não está alinhada com a estrada...” Afirmou o presidente da comissão.
O presidente da comissão reiterou e disse qu…

ELEIÇÕES 2020: LISTA ATUALIZADA DE FILIADOS JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NO PORTAL DO TSE

Já estão disponíveis no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) as informações atualizadas sobre osfiliados a partidos políticos em todo o país. O prazo para as legendas entregarem as informações venceu no dia 14 de outubro.
A legislação estabelece que os partidos devem apresentar, anualmente, a relação de filiados sempre na segunda semana dos meses de abril e outubro.
No caso das filiações em duplicidade, as ocorrências permanecerão sub judice até que haja decisão do juízo eleitoral da zona de inscrição do filiado.

JAGUARARI: SINAL DE CELULAR COMEÇA SER INSTALADO EM SANTA ROSA DE LIMA PELO PROJETO FALA BAHIA – GOVERNO DO ESTADO.

Foi dado início nesta semana, (01/06), a instalação da antena de telefonia móvel da operadora TIM no distrito de SANTA ROSA DE LIMA. A chegada da telefonia móvel é parte do PROJETO FALA BAHIA com incentivos fiscais concedidos pelo o Governo do Estado.
Na primeira fase da iniciativa, que é executada pelas Secretarias estaduais de Infraestrutura (SEINFRA) e da Fazenda (SEFAZ), 88 localidades passarão a contar com o serviço de telefonia móvel, entre esses estão (FLAMENGO, PILAR E SANTA ROSA DE LIMA). Além facilitar as licenças ambientais para a construção das redes, o governo está abrindo mão de até R$ 300 mil por estação radiobase, recursos que serão descontados do ICMS devido pela operadora.
O investimento é da ordem de R$ 20 milhões, através da renúncia do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) às operadoras TIM e CLARO, vencedoras da licitação.
Na segunda fase do programa, mais 80 localidades serão atendidas. A relação será divulgada em breve pela Seinfra.