Pular para o conteúdo principal

EM RESPOSTA A DENÚNCIA, A COORDENAÇÃO DA PRÉ-CANDIDATURA DE SEU ANTÔNIO A PREFEITO, TORNA PÚBLICO A SEGUINTE NOTA.


NINGUÉM APAGARÁ A NOSSA ESTRELA

Enquanto o Partido dos Trabalhadores e suas lideranças sofrem ataques vis constantes no cenário nacional, em Jaguarari as coisas não andam muito diferentes. As tentativas inescrupulosas de jogar todos os políticos na vala comum e criminalizar a política devem ser de pronto combatidas e analisadas minunciosamente para que possamos sempre responder o questionamento: A quem interessa e quem se serve desta situação inverídica? Quem teria supostamente interesse a ganhar com mais essa manobra eleitoreira?

Nossa visão desta prática aqui é simples. Adversários políticos veem nosso projeto social ganhando corpo e ao não encontrar argumentos para fazer o bom debate, usam de expedientes rasteiros, como esta denúncia, em que alegam suposto conluio para a aprovação das contas de 2016. Portando, deixemos claro desde o início que não há e nem nunca houve nenhuma aliança ou negociação entre os gestores neste sentido.

As contas de 2016, como já amplamente divulgado, foram aprovadas na Câmara de Vereadores de Jaguarari por 13 votos. Se nos levássemos pelo que supõe os que conspiram, seria dizer que todos os vereadores daquela Casa estariam envolvidos. Com tantos pensamentos e linhas distintas ali seria razoável supor isso? Evidentemente que NÃO! 

O que foi compreendido por todos, e que alguns fingem não entender por interesses pessoais, é que o ano de 2016 foi um ano distinto para nosso município. Ano em que a Mineração Caraíba, a maior empregadora e geradora de recursos para o município passava por uma recuperação judicial. Este fato teve um impacto direto nas finanças da Prefeitura visto que havia uma receita mensal arrecadada com a mineração de aproximadamente 300 mil reais/mês e em diversos meses daquele ano os repasses mensais da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) mal chegavam ao valor de 20 reais. Resumindo, com a diminuição dos recursos recebidos, para atingir o percentual que a Lei de Responsabilidade exige, cortes de pessoal deveriam ter sido feitos pela gestão também. 

Num cenário em que as demissões em massa por parte da empresa já afetavam nosso município, se tomou uma decisão corajosa a não demissão também na prefeitura para minimizar o impacto social. Foi esse gesto que levou à votação das contas favoravelmente revertendo assim o parecer inicial: uma sensibilidade política dos Edis.

A fala do Vereador, usada para montar o discurso falacioso e irresponsável da denúncia, nada mais relata que ele esperava que algum outro edil tivesse uma determinada postura, algo que não veio e não vamos aqui fazer como os que denunciam, ficam com suposições esdruxulas sobre o que motiva terceiros em suas ações.

Assim sendo, com tudo às claras, reiteramos o nosso compromisso com a seriedade e moralidade política, qualidade que sempre nos norteou e marcou, indelevelmente, os 8 anos de gestão pública de forma transparente e austera à frente do Município. Reafirmamos também o nosso desejo por uma política sempre pautada na verdade e sem estas manobras escusas. Nosso município precisa é do debate de propostas, visão clara do futuro e certeza de que seus líderes colocam sempre o povo acima de si mesmos, como feito naquele ano.

Partido do Trabalhadores - 40 Anos de Luta em Defesa do Povo Brasileiro.

Coordenação Política 2020 – PT/PCdoB/PSB/PROS.

Vamos à luta! Sempre em frente, rumo à vitória!!

Comentários


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

CORONAVÍRUS: PRIMEIRO CASO É CONFIRMADO NO DISTRITO DE GAMELEIRA PELA SECRETARIA DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE JAGUARARI.

A Prefeitura de Jaguarari através da Secretaria de Saúde informa em seu Boletim diário que nesta quarta-feira (03), a Vigilância Epidemiológica confirmou através de teste rápido mais 07 casos positivos para a Covid-19. Destes, 06 são do distrito de Pilar, 01 DO DISTRITO DE GAMELEIRA e nenhum é profissional de saúde.
O município apresenta neste momento o total de 31 casos confirmados, 29 por testes rápidos, 02 pelo LACEN, sendo que, 09 já apresentam a cura clínica confirmada.
Informamos à população que dos 22 que ainda não foram liberados do monitoramento, 18 apresentam quadro assintomático e apenas 04 apresentam sintomas brandos como: falta de paladar, tosse leve, febre baixa e dores de garganta.
Reiteramos que todas as pessoas que realizaram a testagem rápida, cujo resultado foi positivo para a Covid-19, foram colocadas de forma imediata sob monitoramento, assim como seus familiares e pessoas próximas.
Qualquer dúvida relacionada ao COVID-19 utilizar a central de atendimento mandando men…

EX-PREFEITO SEU ANTÔNIO FAZ PRIMEIRA REUNIÃO COM VEREADORES PRÉ-CANDIDATOS PELO O PT E PCDOB DE JAGUARARI

Na manhã de quinta-feira, (04/06), o ex-prefeito e atual pré-candidato pelo o Partido dos Trabalhadores - PT, SEU ANTÔNIO, se reuniu com os VEREADORES pré-candidatos a vereador pelo Partido dos Trabalhadores - PT e pelo o Partido Comunista do Brasil - PCdoB, no município de Jaguarari. O ex-prefeito, que teve sua pré-candidatura à Prefeito oficializada em janeiro desse ano, reuniu-se com um grupo de 08 vereadores da legislatura atual.
Participaram da reunião além do ex-prefeito, os vereadores Franco Melo(PCdoB), Josimar Zuza(PcdoB), Neném do Catuni(PT), Paulinho Morgado(PCdoB), Budé(PT), Willian Rogers(PCdoB), Val do Jacunã(PT) e Marcos Quito(PCdoB).

Respeitando as orientações de distanciamento e higiene, Seu Antônio destacou. “Tratamos sobre nossas demandas e planejamos ações necessárias para o momento político que estamos vivendo. Fiquei muito satisfeito com o resultado desse encontro e agradeço a esses companheiros de caminhada pela parceria de sempre”.

TSE AUTORIZA CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS VIRTUAIS NAS ELEIÇÕES 2020

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quinta-feira (4) a realização de convenções partidárias de forma virtual pelos partidos nas eleições municipais de 2020, em razão da pandemia do coronavírus.
Segundo a decisão, os partidos têm autonomia para utilizar as ferramentas tecnológicas que entenderem necessárias para as convenções.
É nessas reuniões que os partidos definem os candidatos a prefeito e a vereador. As convenções, pelo calendário eleitoral, devem ser realizadas entre 20 julho e 5 de agosto. A eleição está marcada para outubro.
As convenções deverão seguir as regras e procedimentos já definidos pela Justiça Eleitoral.
Ainda não há a confirmação, por causa da pandemia, de que as eleições municipais serão realizadas de fato em outubro. Por enquanto, a data está mantida.