Pular para o conteúdo principal

HOSPITAL MUNICIPAL DE JAGUARARI: “A REFORMA DE FACHADA”

 


A propaganda de modernização e ampliação do Hospital Municipal de Jaguarari, com implantação de Centro Cirúrgico e Obstetrício, inaugurado no dia 6 de agosto do ano passado, e que custou aos cofres públicos cerca de R$ 2 milhões, ao que tudo indica, foi mais do que uma tentativa de promover a gestão tucana, soa também como justificativa ao alto valor empregado na ação, tendo em vista as diversas falhas estruturais diagnosticadas no Relatório de Vistoria Técnica, encomendado conjuntamente pelas Secretarias Municipais de Infraestrutura e Obras Públicas e de Saúde.

Sem desmerecer a relevância de qualquer investimento público no campo da saúde, o relatório se faz necessário para comparar o que foi aportado financeiramente na obra entregue à população com a estrutura encontrada pela nova gestão “Cuidando da Nossa Gente”.

No levantamento constam algumas informações básicas da análise produzida, nas quais falhas graves foram detectadas.

PROJETO DA OBRA x ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS – Foram avaliadas: 1. Conferência dos quantitativos dos serviços executados; 2. Avaliação da qualidade dos serviços executados em relação aos padrões exigidos nas especificações técnicas; 3. Registro topográfico das irregularidades identificadas. 

DAS INCONSISTÊNCIAS APONTADAS EM RELATÓRIO TÉCNICO – No dia 8 de janeiro de 2021, os técnicos designados para a vistoria apontaram os seguintes danos estruturais: Infiltrações por toda a estrutura; corrimão mal fixado; rachaduras e depressão no piso da rampa de acesso, má instalação da grelha do ralo, causando alagamentos; bolhas de ar no piso devido ao uso excessivo de cola; infiltração no teto da sala do pós-parto; falhas na colocação do telhado e no calhamento; pedra do necrotério danificada; tinta e reboco com avarias; utilização de material inapropriado para revestimento na sala de “raio-x”; forro da sala de enfermagem com estrutura comprometida, podendo desabar a qualquer momento.

Da vasta lista, estes são apenas alguns dos diversos problemas apontados pelo Relatório de Vistoria, que colocam em suspeição não apenas a qualidade do material utilizado, a engenharia civil e como a obra foi executada, mas também o quanto a obra mal-acabada custou.

Causa espanto uma intervenção tão recente e cara já necessitar de nova reforma, o que vai onerar ainda mais os cofres públicos municipais. Gasto que poderia ser evitado, caso todos os padrões técnicos de engenharia civil tivessem sido respeitados durante a reforma milionária, empreendida pelo ex-gestor do PSDB

O espelho do que foi colhido pelos técnicos reflete que a chamativa fachada do Hospital Municipal de Jaguarari não é capaz de esconder as falhas estruturais de um projeto mal executado, o que coloca em risco a saúde financeira do município, assim como as vidas de todos aqueles que adentram ou trabalham naquela unidade de saúde.

Assessoria de Comunicação Social






Comentários


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

PREFEITURA INICIA LIMPEZA DE AGUADAS NO DISTRITO DE GAMELEIRA E NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE JAGUARARI

  A Prefeitura Municipal de Jaguarari, via Secretaria Municipal de Governo, através do Departamento de Relações Institucionais, está intensificando as LIMPEZAS DE AGUADAS DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO , com mão de obra contratada pelo município, além de gerar emprego e renda, visa impulsionar ainda mais o desenvolvimento da agricultura familiar. De acordo com o Departamento de Relações Institucionais, aproximadamente 50 TRABALHADORES ATUARÃO NAS LIMPEZAS DE AGUADAS . Hoje, mais de 30 trabalhadores estão em atividade nos povoados de GAMELEIRA, MACAMBIRA, FLAMENGO E DIOG O, nas próximas semanas outras regiões do município serão beneficiadas. “Está é mais uma ação da Secretaria Municipal de governo, que tem trabalhado em conjunto com todas as Secretarias Municipais para trazer cada vez mais benefícios para a população, sem medir esforços, buscando sempre a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos Jaguarariense” Disse o Diretor de Relações institucionais, Ailson Souza. O vereador e líder do

SEMIFINAL DO 6º CAMPEONATO DE FUTEBOL MASCULINO DE GAMELEIRA - 2019 COM SHOW AO VIVO/A ZORRA.

Nona/9º rodada, semifinal do  6º CAMPEONATO DE FUTEBOL MASCULINO DE GAMELEIRA , dia 22/06( SÁBADO ) as 14:00 em  GAMELEIRA/JAGUARARI - BA . As 18:00 festa dançante próximo ao campo no  BAR DO CEARÁ  com show ao vivo,  A ZORRA E SONORIZAÇÃO MARCOS PAREDÃO. CONFIRA OS TIMES E HORÁRIOS DA 9º RODADA/3º FASE:  14:00  -  GAMA (GAMELEIRA/TEC.: GENI) VS  FAMÍLIA LEITE (JACUNÃ/TEC. CORÉ E GOGÓ). 16:00  -  PATRIOTAS (JACUNÃ/TEC.: DELVAN)  VS  1º DE MAIO (GAMELEIRA/ TEC.: DÔ) 18:00  - SHOW AO VIVO COM  A ZORRA/MARCOS PAREDÃO . CONFIRA O RESULTADO DA 8º RODADA/2º FASE :  GAMA 5X1 COMANDO. B13 1X1 1º DE MAIO. CONFIRA O PRÓXIMO JOGO, 10º RODADA/4º FASE:  DIA 13/07, AGUARDANDO RESULTADA DA SEMIFINAL. ESTE CAMPEONATO ESTÁ SENDO REALIZADO PELA COMUNIDADE DE GAMELEIRA COM O APOIO:  STILUS MÓVEIS. JOAQUINA BAZAR. MOTO PEÇAS RAMOS. MERCADINHO OLIVEIRA. POSTO IMACULADA CONCEIÇÃO. AMIGA CRISTINA. PADARIA PORUNGA. NINHO MOTO TÁXI. TOCA DA ONÇA. LUIZ CARLOS MORAL. FF AQ

CONFIRA AS PRINCIPAIS MEDIDAS RESTRITIVAS DO NOVO DECRETO DO ESTADO EM 07 DE MARÇO DE 2021.

  DECRETO Nº 20.289 DE 07 DE MARÇO DE 2021. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA , no uso da atribuição que lhe confere o inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, D E C R E T A. - Ficam autorizados, de 08 de março até às 05h de 10 de março de 2021 , nos Municípios (1. Andorinha 2. Antônio Gonçalves 3. Campo Alegre de Lourdes 4. Campo Formoso 5. Cansanção 6. Canudos 7. Casa Nova 8. Curaçá 9. Filadélfia 10. Itiúba 11. JAGUARARI 12. Juazeiro 13. Pilão Arcado 14. Pindobaçu 15. Ponto Novo 16. Remanso 17. Senhor do Bonfim 18. Sento Sé 19. Sobradinho 20. Uauá) constantes no Anexo Único deste Decreto, somente o funcionamento dos serviços essenciais ...  - Ficam suspensas, nos Municípios as atividades presenciais nos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual não enquadrada como serviços público essenciais, devendo ser adotado o regime de trabalho remoto ...  - Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres , localizados nos Municípios, só pode