Pular para o conteúdo principal

GOVERNO CUIDANDO DA NOSSA GENTE DÁ MAIS UM PASSO PARA IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA EM JAGUARARI

 


Na perspectiva de humanizar, modernizar e potencializar a atividade dos catadores de resíduos sólidos que trabalham no Lixão, as Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Social, realizaram no Centro de Cultura Paróquia de Jaguarari, na quarta-feira (03), um encontro para a apresentação dos Equipamentos Individuais de Segurança (EPIs) que serão destinados para 27 catadores locais.

Os trabalhadores beneficiados estão cadastrados na Agência Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT), uma entidade privada, sem fins lucrativos, com sede em São Paulo, ligada ao Movimento Nacional dos Catadores.

Esta iniciativa faz parte de um conjunto de ações, que envolve o estudo e planejamento de adequação do município de Jaguarari às recomendações do Ministério Público Federal para a implantação de aterro sanitário nos municípios brasileiros que ainda não dispõem de mecanismo para destinação dos resíduos sólidos gerados nos serviços de limpeza pública.

No evento, que também contou com a presença de representantes da Rede Recicla Bahia e da empresa Exa Ambiental de Itiúba, foi destacado o papel do Movimento Nacional dos Catadores em Jaguarari. O objetivo da entidade é organizar os catadores de resíduos sólidos, por meio de cooperativas, no sentido de fortalecer a categoria neste município.

CARTA DE INTENÇÃO - A ANCAT e o Movimento dos Catadores entregaram ao prefeito Antônio Nascimento, Carta de Intenção, já encaminhada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (SEDUR), visando a elaboração de estudo técnico para a implantação de uma estação de transbordo que deve atender, além da sede, os distritos de Pilar e Santa Rosa de Lima.

Constam na Carta de Intenção, dentre outros pontos: a elaboração, execução e gestão de projeto que objetiva a instalação de uma usina de triagem mecanizada de resíduos sólidos urbanos, para separação dos resíduos orgânicos dos rejeitos recicláveis, para que estes possam ser tratados e comercializados. Além disso, o documento propõe a compostagem dos orgânicos para a produção de adubos e o direcionamento do material não reciclável para aterro sanitário.

Na ocasião, o prefeito Antônio Nascimento discutiu a necessidade de implantação da coleta seletiva e da educação ambiental na cidade e lembrou que, em suas gestões anteriores, a Prefeitura Municipal pagava um salário mínimo para cerca de oito famílias que trabalhavam no lixão, como incentivo e valorização da atividade da categoria, que ajudavam na organização do espaço do Lixão.

Outra meta da Prefeitura de Jaguarari é acabar com o lixão, garantindo, contudo, a sustentabilidade das famílias. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Antônio Carlos Xavier, com apoio da secretária municipal de Desenvolvimento Social, Maria Letícia Duarte, algumas providências já estão sendo tomadas. “Para dar sustentação a esse propósito, a secretaria está realizando um levantamento do quantitativo dos catadores de todo o município, para saber quantas famílias dependem diretamente da atividade. Dessa forma, poderemos construir políticas públicas fundamentadas na realidade delas”, afirmou Xavier.

Após o evento, Xavier convidou o prefeito Antônio Nascimento, a secretária de Desenvolvimento Social Maria Letícia Duarte, os integrantes do Movimento Nacional dos Catadores, da Rede Recicla Bahia, da Exa Ambiental, que administra o aterro sanitário de Itiúba, para visitarem in loco os lixões situados na Sede, Pilar e Santa Rosa de Lima, a fim de analisarem as condições desses espaços.

Assessoria de Comunicação Social



Comentários


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

PREFEITURA ATENDE SOLICITAÇÃO DO VEREADOR ZÉ GALEGO E REALIZA LIMPEZA E PATROLAMENTO DA COMUNIDADE DE ANTAS

  Nesta semana, a Prefeitura de Jaguarari por meio da Secretaria de Obras e de Administração, atendeu pedido do Vereador Zé Galego (PP) , e realizou serviço de LIMPEZA E PATROLAMENTO das estradas da comunidade de Antas. O serviço vai facilitar a trafegabilidade nas comunidades e ao mesmo tempo receber melhor os visitantes nas novenas em comemoração ao padroeiro São Sebastião. POrtall Gameleira

DEFINIDOS OS GRUPOS DO 7º CAMPEONATO DE FUTEBOL MASCULINO DE GAMELEIRA

  A Associação do Produtores da Agricultura Familiar do Distrito de Gameleira , que tem André Ferreira como atual presidente, realizará o 7º CAMPEONATO DE FUTEBOL MASCULINO CÍCERO JOSÉ DA SILVA , no Distrito de Gameleira, edição 2022. Este ano serão homenageados os desportistas Assuero Crisóstomo e Waltinho Crisóstomo. A 7ª edição da competição terá a premiação de R$ 5.000,00 para o campeão do amador, para o vice-campeão serão R$ 3.000,00 . Já para a categoria juvenil (2º quadro). o campeão levará R$ 2.000,00 e o vice ficará com R$ 1.000,00 . Ainda não há definição do início da competição em decorrência do Decreto Municipal que impede a realização de partidas de futebol. Este ano, em uma parceria inédita entre a Rádio Top Fm 104.9, a Tv Jaguarari e A Associação promotora do certame, haverá a transmissão do 7º Campeonato de Futebol Masculino de Gameleira. Equipes participantes: 1º de Maio, Gama, 7 de Setembro, 13 de Junho, Família Leite, Comando, B13, Pilar, Santa Rosa, Lajedo, Anta

DECRETO ESTADUAL REDUZ PARA 3 MIL PESSOAS O NÚMERO MÁXIMO DE PÚBLICO EM EVENTOS E ESTÁDIOS NA BAHIA

  Após reunião realizada no fim da manhã desta segunda-feira (10), o governador Rui Costa decidiu reduzir para até 3 mil o número máximo de pessoas em eventos em todo o território baiano , incluindo estádios de futebol. O novo decreto será publicado na edição desta terça-feira (11) do Diário Oficial do Estado (DOE) e substitui o atual, que permite até 5 mil pessoas em eventos e teria validade até o dia 14 de janeiro. Além do número máximo de 3 mil pessoas, os eventos devem obedecer à regra de lotação máxima de 50% da capacidade de cada local. Serão mantidas no novo decreto as obrigatoriedades da comprovação de vacinação contra a Covid-19 e do uso de máscara pelo público e demais participantes dos eventos. Essa exigência se estenderá para bares e restaurantes que, a partir de agora, devem exigir dos clientes o comprovante de vacinação. A decisão pelo reforço de medidas de maior restrição ocorre para tentar conter o aumento de casos de infecção pelo coronavírus. O número de casos ativos