Pular para o conteúdo principal

LEI SANCIONADA POR RUI COSTA DISPONIBILIZARÁ MONITORES EM SALAS DE AULA NA BA.


Após aprovação, por unanimidade, pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o governador Rui Costa sancionou, nesta sexta-feira, 12 de fevereiro, a lei que institui o Programa Mais Estudo no âmbito das escolas da rede estadual de ensino. O texto será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (13).

“Com muita alegria, sancionei hoje a lei que vai garantir monitores estudantis em todas as salas de aula da rede estadual de ensino. É um ato histórico para a educação da Bahia. Quero agradecer aos deputados e deputadas que ontem aprovaram nosso projeto na Assembleia Legislativa. Juntos, somos capazes de transformar a vida de milhares de estudantes e de suas famílias por meio da educação. Por isso que a educação continuará sendo prioridade em minha gestão”, afirmou Rui.

O Mais Estudo tem o objetivo de estimular a participação dos estudantes em ações de auxílio e reforço de aprendizagem, especialmente nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Como parte do programa, cada turma terá dois monitores, que serão selecionados dentre os estudantes do Ensino Médio, da Educação Profissional e do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental, a partir das notas obtidas no ano anterior ou no trimestre anterior ao da etapa de seleção. As atividades de monitoria ocorrerão no turno em que o estudante não estiver em atividade escolar.

A bolsa de monitoria, no valor de R$ 100, será paga por período correspondente aos meses do ano letivo em cada edição do programa. O bom desempenho escolar e a frequência regular são os critérios obrigatórios para a concessão da bolsa aos monitores.

Em 2019, na fase piloto do Mais Estudo, a Secretaria da Educação do Estado ofertou 10 mil vagas para os estudantes para ajudar os colegas com notas abaixo da média nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, com direito a bolsas.

Comentários


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

DEFINIDOS OS GRUPOS DO 7º CAMPEONATO DE FUTEBOL MASCULINO DE GAMELEIRA

  A Associação do Produtores da Agricultura Familiar do Distrito de Gameleira , que tem André Ferreira como atual presidente, realizará o 7º CAMPEONATO DE FUTEBOL MASCULINO CÍCERO JOSÉ DA SILVA , no Distrito de Gameleira, edição 2022. Este ano serão homenageados os desportistas Assuero Crisóstomo e Waltinho Crisóstomo. A 7ª edição da competição terá a premiação de R$ 5.000,00 para o campeão do amador, para o vice-campeão serão R$ 3.000,00 . Já para a categoria juvenil (2º quadro). o campeão levará R$ 2.000,00 e o vice ficará com R$ 1.000,00 . Ainda não há definição do início da competição em decorrência do Decreto Municipal que impede a realização de partidas de futebol. Este ano, em uma parceria inédita entre a Rádio Top Fm 104.9, a Tv Jaguarari e A Associação promotora do certame, haverá a transmissão do 7º Campeonato de Futebol Masculino de Gameleira. Equipes participantes: 1º de Maio, Gama, 7 de Setembro, 13 de Junho, Família Leite, Comando, B13, Pilar, Santa Rosa, Lajedo, Anta

PREFEITURA ATENDE SOLICITAÇÃO DO VEREADOR ZÉ GALEGO E REALIZA LIMPEZA E PATROLAMENTO DA COMUNIDADE DE ANTAS

  Nesta semana, a Prefeitura de Jaguarari por meio da Secretaria de Obras e de Administração, atendeu pedido do Vereador Zé Galego (PP) , e realizou serviço de LIMPEZA E PATROLAMENTO das estradas da comunidade de Antas. O serviço vai facilitar a trafegabilidade nas comunidades e ao mesmo tempo receber melhor os visitantes nas novenas em comemoração ao padroeiro São Sebastião. POrtall Gameleira

DECRETO ESTADUAL REDUZ PARA 3 MIL PESSOAS O NÚMERO MÁXIMO DE PÚBLICO EM EVENTOS E ESTÁDIOS NA BAHIA

  Após reunião realizada no fim da manhã desta segunda-feira (10), o governador Rui Costa decidiu reduzir para até 3 mil o número máximo de pessoas em eventos em todo o território baiano , incluindo estádios de futebol. O novo decreto será publicado na edição desta terça-feira (11) do Diário Oficial do Estado (DOE) e substitui o atual, que permite até 5 mil pessoas em eventos e teria validade até o dia 14 de janeiro. Além do número máximo de 3 mil pessoas, os eventos devem obedecer à regra de lotação máxima de 50% da capacidade de cada local. Serão mantidas no novo decreto as obrigatoriedades da comprovação de vacinação contra a Covid-19 e do uso de máscara pelo público e demais participantes dos eventos. Essa exigência se estenderá para bares e restaurantes que, a partir de agora, devem exigir dos clientes o comprovante de vacinação. A decisão pelo reforço de medidas de maior restrição ocorre para tentar conter o aumento de casos de infecção pelo coronavírus. O número de casos ativos