Pular para o conteúdo principal

JAGUARARI ESTÁ ENTRE AS 09 CIDADES DA BAHIA QUE CONTEM DE 18 A 20 AGROTÓXICOS NA ÁGUA, APONTA MONITORAMENTO DA (FPI).


O Ministério Público do Estado (MP-BA) recomendou a adoção de medidas para intensificação da fiscalização e do monitoramento do uso intensivo de agrotóxicos em nove cidades da região de Jacobina. A recomendação foi feita pelo promotor de Justiça Pablo Almeida, nesta quarta-feira (5), à Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), à Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), ao Núcleo Regional de Saúde e a nove Municípios. 

De acordo com o documento, as medidas são necessárias por conta do diagnóstico realizado pela Fiscalização Preventiva Integrada (FPI). Foram identificados comercialização, uso e descarte intensivo e inadequado de agrotóxicos, com risco de danos ambientais e à saúde da população de Campo Formoso, Jacobina, JAGUARARI, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Ourolândia, Umburanas e Várzea Nova. O promotor informou que a FPI constatou fiscalização insatisfatória da Adab e ausência de monitoramento pela Embasa da presença na água de 18 dos 20 agrotóxicos mais utilizados na região. 

Entre os nove municípios, Ourolândia, Mirangaba e Jacobina apresentaram os maiores níveis de utilização de agrotóxico, segundo o relatório. A FPI teria identificado ainda o descumprimento, por parte das unidades de saúde locais, de norma do Ministério da Saúde, que obriga todos os profissionais de saúde a reportar ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) casos de intoxicação por agrotóxicos ou suspeitas. Nenhum caso foi registrado, nem mesmo naquelas três cidades. 

Entre as medidas, estão a realização pela Adad de fiscalização, dentro de um ano, em pelo menos 20% das propriedades rurais constantes dos receituários agronômicos no ano antecedente; a digitalização pela Adab dos documentos de registro do uso de agrotóxico, a criação de banco de dados acessível ao público com essas informações, referentes aos últimos cinco anos, para tornar possível monitorar e comparar os níveis de utilização dos produtos e a elaboração de ranking dos municípios e dos agrotóxicos mais utilizados; o monitoramento pela Embasa dos níveis, em todos os mananciais e estações de tratamento de água, dos 27 agrotóxicos previstos pelo Ministério da Saúde, como também dos 20 agrotóxicos mais presentes na região e a suspensão imediata do fornecimento de água quando constatada situação de risco; e a qualificação técnica, dentro de 180 dias, por todos os nove Municípios dos profissionais da rede de saúde municipal para que seja cumprida a determinação de comunicação ao Sinam de todos casos comprovados ou suspeitos de intoxicação por agrotóxicos.

Fonte: www.bahianoticias.com.br

Comentários


Parceiros do Portall Gameleira:


Postagens mais visitadas na ultima semana:

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DE JAGUARARI PROMOVE ENCONTRO DE ACOLHIMENTO

  Aconteceu ontem, dia 11, o encontro de acolhimento da Secretaria de Desenvolvimento Social de Jaguarari. No evento, a secretária municipal, Maria Letícia dos Santos Duarte , foi formalmente apresentada à equipe com quem vai trabalhar nos próximos quatro anos.  A tônica do ato, que contou com a benção do padre Antony Murigi , foi a de um convite a um trabalho conjunto, de união e profissionalismo em prol da proteção e assistência à população que requer cuidados especiais. Cerca de 110 profissionais, dentre eles: psicólogos, assistentes sociais e auxiliares, atuarão no desenvolvimento de programas e projetos sociais executados no CRAS, CREAS, CAPS, Casa de Acolhimento, Conselho Tutelar, entre outros.  A secretária aproveitou a ocasião para anunciar o início do planejamento de ações que, a partir de agora, deixa de ser anual e passa a ser semestral , compreendendo os diversos setores que compõem a pasta, visando à promoção de suas políticas públicas.  EXPERIÊNCIA – Na vida pública, Le

PREFEITURA DE JAGUARARI ADQUIRE SERINGAS E AGULHAS E ASSINA INTENÇÃO DE COMPRA DA CORONAVAC

  Preocupado com o avanço do número de casos de infectados por coronavírus em Jaguarari, o prefeito Antônio Nascimento deu início a um planejamento que visa a imunização dos jaguararienses contra a Covid-19.  O primeiro passo para a vacinação já foi dado, com a aquisição de seringas e agulhas que já podem chegar na próxima terça-feira (19).  Jaguarari, assim como os demais municípios brasileiros, aguarda, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( ANVISA ), a aprovação de uso emergencial ou o registro de alguma vacina para iniciar aplicação de doses na população. Porém, o chefe do executivo municipal, Antônio Nascimento , s e antecipou e formalizou a intenção de compra da vacina Coronavac, que está sendo desenvolvida e testada pelo Instituto Butantan, sediado em São Paulo.   Com a eficácia anunciada em 78% para casos mais leves e 100% para casos graves, a Coronavac é a vacina que apresenta os melhores resultados em estudo no país.  O oficio de intenção nº 002/2021, encaminhado a

HÁ QUATRO ANOS SEM MANUTENÇÃO PRAÇA DE CONVIVÊNCIA DE JAGUARARI SERÁ REVITALIZADA

Inaugurada em 2014, na segunda gestão do prefeito Antônio Nascimento , a Praça de Convivência de Jaguarari não passou por nenhuma intervenção de reforma ou melhoramento do espaço físico nos últimos quatro anos . Como resultado da falta de manutenção, a praça ficou com a estrutura extremamente comprometida.  A Praça de Convivência, um dos mais modernos e importantes equipamentos voltados à interação social e ao lazer , é o resultado da parceria entre o Governo do Estado, via Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia ( SUDESB ) e o Município de Jaguarari. Um espaço aberto, com anfiteatro, pista de corrida e caminhada, parque infantil, pista de skate e ginásio poliesportivo. Com a piscina semiolímpica, o investimento total, após a conclusão, foi de cerca de R$ 1,2 milhão de reais . Na última segunda-feira (11), o prefeito Antônio Nascimento e o secretário de Obras e Infraestrutura Pública, Josimar Zuza , visitaram a praça para uma vistoria. Diante do que foi visto,o chefe do execu